quinta-feira, 1 de agosto de 2013

CAMELOS,ANIMAIS DA BÍBLIA



Os camelos são muito altos e têm corcovas nas costas.
camelo com duas corcovas
 Têm pernas e pescoço compridos e são muito mais altos do que os bois ou os cavalos.
camelo excelente animal de montaria
 Eles são tão altos que seus donos precisam fazê-los ajoelhar antes das pessoas poderem amarrar carga às suas costas.
 São fortes e podem andar longa distância com cargas pesadas.
 Um bom camelo pode carregar 230 quilos ou mais e andar por muitos dias. Podem andar mais ou menos 5 quilômetros por hora. Por esta razão eles são os melhores animais para levarem carga pesada no deserto. Diz-se que os camelos nunca levam carga de boa vontade. Eles muitas vezes cospem e soltam gemidos fortes.

Também as pessoas montam nos camelos. Nos tempos antigos, eles usavam madeira e pano para fazer um tipo de sela que colocavam em cima da corcova.
camelo com sela decorada
Os camelos eram muito caros. Quando alguém possuía um desses animais, era sinal de que ele era muito rico.
Os camelos podem viver em lugares onde poucos outros animais podem sobreviver. Vivem em lugares arenosos e difíceis chamado desertos onde o sol brilha com muita força e onde quase não existe ervas nem árvores.

 São os melhores animais para atravessar o deserto com cargas pesadas.
camelos transportando cargas
 Eles têm patas bem largas, e por isso quando andam em areia mole eles não se afundam nela. Eles também têm pele dura e grossa no fundo da pata, e por isso podem andar na areia ainda que ela seja bem quente por causa do sol. Há ainda outra razão porque os camelos podem viver tão bem no deserto: Eles podem andar por três ou quatro dias sem beber água. Eles não suam, e por isso a água permanece nos seus corpos por três ou quatro dias. Isso é muito bom, porque às vezes, no deserto é necessário andar por muitos dias antes de achar outra poça de água.
Os camelos bebem grande quantia de água de cada vez. A água é guardada em vários compartimentos pequenos no estômago do animal.

camelos bebendo água
O camelo pode andar muitos dias sem comer porque há gordura na corcova nas suas costas. Quando lhe falta comida, ele usa aquela gordura para alimentar o seu corpo. Antes de iniciar uma longa viagem, os donos dos camelos os alimentam bem para que suas corcovas fiquem grandes e gordas. Depois
da viagem, a corcova muitas vezes, é pequena e encolhida.
camelos alimentando-se

O vento sopra muito forte no deserto e às vezes, há verdadeiras tempestades de poeira. Areia e sujeira se espalham por toda a parte. 

camelos em repouso frente a tempestade de areia

Os camelos têm grandes pálpebras que cobrem os olhos, e também sobrancelhas e pestanas bem grossas.
 Quando a areia e a poeira batem no rosto deles, suas pálpebras e pestanas protegem os olhos. Eles também podem fechar as narinas para que não entre areia.
camelo com narinas fechadas

JUGO, GADO E BOIS ANIMAIS DA BÍBLIA,


O gado era muito importante em Israel.

gado de corte - dias atuais em Israel
 Os israelitas usavam os bois de muitas maneiras, usavam-nos para arar as roças e para debulhar.
na Etiópia bois atrelados a arado rudimentar a moda antiga
bois atrelado com jugo e arado arando terra 


Os lavradores tomavam dois bois e os colocavam lado a lado e depois usavam um pau forte chamado jugo para ligá-los.
vacas ligadas uma a outra com jugo
O jugo era cortado de tal maneira que alcançava os dois animais e pousava nos seus pescoços.
jugo de madeira - parte maior canga e as quatro menor canzis 
 O arado era colocado no meio do jugo e pendia entre os dois animais. 
Quando os bois puxavam o arado, este amassava a terra dura quebrando-a e fazendo-a ficar mais macia.
 Mais tarde os lavradores plantavam a semente ali. O lavrador usava um pau comprido com uma ponta aguda para cutucar os bois de vez em quando, fazendo-os andar para frente. Este pau se chamava aguilhão.
As pessoas também usavam bois para puxar carroças carregadas.
imagem ilustrativa carro de boi - com canga e canzis ( jugo)
A carne de boi e de gado em geral é muito boa para comer.
 Estes animais, porém, são muito valiosos, e por isso os israelitas não costumavam matá-los para comer fora de ocasiões especiais ou para sacrificar a Deus. Eles tomavam leite de vaca e também usavam o couro desses animais para fazer cintos, estojos, sandálias e outras coisas.

domingo, 14 de julho de 2013

HORAS, DIVISÃO DO DIA E NOITE EM TEMPOS BÍBLICOS




HORÁRIOS EM TEMPOS BÍBLICOS




Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo propósito debaixo do céu.
Eclesiastes 3:1 


DIVISÃO DE HORAS NO ANTIGO TESTAMENTO

Manhã... de 6 horas até cerca de 10 horas.
Calor do dia... de 10 horas até cerca de 14 horas.
Fresco do dia... de 14 horas até cerca de 18 horas.
Primeira vigília da noite... de 18 horas até meia-noite.
Segunda vigília da noite... de meia-noite até as 3 horas.
Terceira vigília da noite... de 3 horas até as 6 horas.


DIVISÃO DE HORAS NO NOVO TESTAMENTO

Terceira hora do dia...9 horas.
Sexta hora do dia...12 horas.
Nona hora do dia... 15 horas.
Décima hora do dia... 18 horas.
Primeira vigília, à tardinha... das 18 às 21 horas.
Segunda vigília, à meia noite... das 21 às 24 horas.
Terceira vigília, o cantar do galo... das 24 às 3 horas.
Quarta vigília, a manhã... das 3 às 6 horas.

Nos tempos antigos se valiam de recursos da natureza e ambiente, para os cálculos de horas, luz do sol, areia e água sendo esses meios, aferidos e equilibrados, com movimentos  perpétuos com sincronismo perfeitos.  

Relógio de sol - Romano

Ampulheta - relógio de areia


Relógio de sol
Relógio de água egípcio

sábado, 13 de julho de 2013

BEEMOTE, HIPOPÓTAMO OU DINOSSAURO


Beemote ,( Jó 40:15-24) , hipopótamo, nome hebraico formado da palavra egípcia,  boi aquático,
o nome árabe, búfalo aquático.
Um antigo monumento egípcio representa o hipopótamo sendo apanhado por lança e armadilha, métodos empregados atualmente pelos sudaneses( Cf. Jó 40:24.
hipopótamo com filhote
hipopótamo

complementobiblico.blogspot.com.br
hipopótamo
Embora para muitos haja outra interpretação dos escritos do Livro de Jó, para o nome Beemote, sendo que em observação às descobertas da atualidade, na área de arqueologia e paleontologia.

Sendo que por haver pouco indício fóssil e localização de evidências para formar base a essa tese.

 Desprezando períodos e eras, da cronologia cientifica, da existência da vida na Terra, confrontando a ciência, mas englobando o contesto histórico em um todo, lançando à luz teses e imaginações.

Baseando-se no texto Bíblico de Jó 40:15-24, onde vemos;

Capítulo 40 e versículos;
 15 – Contempla agora o Beemote, que eu fiz contigo que come a erva como boi.
 16 – Eis que a sua força está nos seus lombos, e o seu poder nos músculos do seu ventre.
 17 – Quando quer, move sua cauda como cedro; os nervos das suas coxas estão entretecidos.
 18 – Os seus ossos são como tubos de bronze; a sua ossada é como barra de ferro.
 19 – Ele é obra-prima dos caminhos de Deus; o que o fez proveu de espada.
 20 – Em verdade os montes lhe produzem pasto, onde todos os animais do campo folgam.
 21 – Deita-se debaixo das árvores sombrias, no esconderijo dos canaviais e da lama.
 22 – As árvores sombrias o cobrem com sua sombra; e os salgueiros do ribeiro o cercam.
 23 – Eis que um rio transborda, e ele não se apressa, confiando que o Jordão possa entrar na sua boca.
24 – Podê-lo-iam porventura caçar à vista de seus olhos, ou com laços lhe furar o nariz

 O texto acima descreve um animal robusto, formidável em tamanho e força, herbívoro, de grande porte que poderiam viver em ambientes alagados, também entre matas alimentando de folhagens de árvores.

Entretanto, com aparência física longe de ser um elefante ou um hipopótamo, quanto à aparência da cauda, ao ser comparado a uma árvore de cedro, diz ser de tamanho fora de comum, para os animais vivos existentes.
Demonstra este animal ter elevada estatura, pois pode espreitar de longe um possível perigo, impossibilitando de ser laçado.
No que diz respeito a sua estrutura, vemos no texto, a comparação ao bronze e o ferro,  deste animal ser de ossos grandes, tubulares e com musculatura robusta e forte.

Dar-se-ia a idéia  de muitos pensar no mistério da possibilidade deste animal ser um CAMARASSAURO OU BRAQUIOSSAURO.

Porem cientificamente não é possível que o Beemote seja um dinossauro, deixando assim este formidável animal, um mistério a ser desvendado.  

complementobiblico.blogspot.com.br
imagem ilustrativa- cedro, dinossauro e elefante comparando as caudas a árvore 




complementobiblico.blogspot.com.br
Uma árvore de cedro

Na possibilidade imaginária  podendo ser o Beemote um Camarassauro. 

complementobiblico.blogspot.com.br
camarassauro


O Camarassauro cujo nome significa ” lagarto câmara “, pois possuía câmaras nas vértebras para reduzir seu peso, era um enorme saurópode que viveu no período jurássico na América do Norte e que podia atingir mais de 15 metros de comprimento e 20 toneladas.
Os Camarassauros podiam erguer-se sobre as pernas traseiras para comer no topo das árvores, atingindo assim alturas de quase 10 metros e para se defenderem usavam as patas dianteiras dotadas de garras para atacar o inimigo e utilizavam o longo rabo como chicote.
Dados do Dinossauro:
Nome: Camarassauro
Nome Científico: Camarasaurus supremos, C. grandis, C. lentos, C. alenquerensis e C. lewisi
Época: Jurássico
Local onde viveu: América do Norte
Peso: Cerca de 20 toneladas
Tamanho: 15 metros de comprimento

Alimentação: Herbívora


Em uma segunda melhor opção, podendo ser também o Beemote um Braquiossauro.

complementobiblico.blogspot.com.br
Braquiossauro
complementobiblico.blogspot.com.br
Braquiossauro movendo-se
O Braquiossauro cujo nome significa “lagarto braço”, foi descoberto em 1900 no Colorado, EUA, mas também viveu na Argélia e Tunísia, há aproximadamente 144 milhões de anos atrás, durante o período Jurássico. Esse animal provavelmente não poderia erguer-se nas patas traseiras como mostra o filme “Jurassic Park”, pois elas eram mais curtas que as dianteiras. Mesmo assim sua altura lhe permitia, sem esforço, comer as copas das árvores, sua atividade principal.
O Braquiossauro passava a maior parte do dia comendo folhas de suas árvores prediletas como as coníferas (tipo pinheiros), cicadáceas e gingoáceas. Calcula-se que para abastecer seu corpanzil de até 90 toneladas, comia mais ou menos 2 toneladas de plantas por dia. Apesar do grande peso, podia desenvolver uma velocidade de aproximadamente 20 km/h. Com certeza a terra devia tremer.
Como as narinas desse enorme saurópode ficavam no alto da cabeça, muitos cientistas acreditavam que ele vivia na água, comendo plantas aquáticas no fundo de lagos e rios. Nesse caso seu corpo ficaria debaixo da água e de vez em quando aparecia a pequena cabeça com as narinas através das quais ele respirava. Mas essa teoria foi superada, pois sabe-se que seus pulmões não teriam suportado a pressão da água.
Dados do Dinossauro:
Nome: Braquiossauro
Nome Científico: Brachiossaurus brancai, Brachiosaurus altithorax
Época em que Viveu: Jurássico
Local onde viveu: América do Norte e África
Peso: Cerca de 90 toneladas
Tamanho: 25 metros de comprimento e 15 metros de altura

Alimentação: Herbívora


sexta-feira, 12 de julho de 2013

ANIMAIS DE ISRAEL, CABRAS E CABRITOS


Bodes, cabras e cabritos

Gado de importante riqueza pastoral no Oriente.
Esses animais eram criados pelo mesmo pastor , mas pastavam separados das ovelhas ,
Gênesis 30:32 ; Mateus 25:32). 
O leite da cabra era o preferido e a carne do cabrito alimento importante,
Deuteronômio 14:4.
De seu pelo tecia-se uma fazenda , Êxodo 35:26.
A lei os escolheu como  holocausto e sacrifício pelo pecado, Êxodo 12:5, Levítico 1:10,
  Salmos 66:15 e Hebreus 9:12.

cabra e ovelhas

rebanho de cabras

cabra montês em ambiente doméstico em Israel

bode montês - macho adulto



cabras montês - fêmeas adultas
cabrito montês - macho jovem


quinta-feira, 11 de julho de 2013

ARVORE ,FLOR E FRUTO DA AMENDOEIRA

AMENDOEIRA

Amendoeira, refere-se à amendoeira comum, cuja flores, matizadas de rosa e branco, aparecem em janeiro, entre as primeiras do ano; no hebraico significa - o acordar.
A amendoeira é nativa nos planaltos da Palestina.
Há diversas referências a essa árvore na Bíblia (Gn 43:11 ; Êx 25:33-35 ; Nm 17:8 ; Ec 12:5 ; Jr 1:11-12 etc...).
Amêndoeiras

Flor de Amendoeira


Fruto verde de Amendoeira

Fruto maduros de Amendoeira

amêndoas com casca

amêndoas sem casca
https://complementobiblico.blogspot.com/

ALFARROBA AS BOLOTAS QUE OS PORCOS COMIAM, FILHO PRÓDIGO



Alfarrobeira, árvore da família das leguminosas, nativa do levante.
A alfarroba, fruto da alfarrobeira, talvez tenha sido o alimento dos porcos, na parábola do Filho Pródigo Lucas 15:16, e alguns há que a julguem como gafanhotos mencionados em Mateus 3:4.

Arvore de Alfarrobeira

Folha de Alfarrobeira

Flor de Alfarrobeira

Frutos verdes de Alfarroba

Frutos maduros de Alfarroba
Grãos de Alfarroba

ABSINTO




ABSINTO

O ABSINTO, planta cujo suco é amargo e desagradável ao paladar; muitas vezes mencionada nas Escrituras como ilustração( Dt 29:18 ; Pv 5:4 ; Ap 8:11).
 São encontradas cinco espécie na palestina .

O seu nome, Absinto, significa “privado de doçura”, devido ao seu sabor desagradável,
também popularmente conhecido como Losna.

Nome cientifico Artemisia absinthium .

Absinto - Losna

Absinto

Abisinto

ACÁCIA



Acácia

Acácia , árvore de cinco a seis metros de altura, produtora de madeira de lei, de cor vermelho-alaranjada e que cresce nos vales perto do mar morto, como também no deserto, no sul.


Esta madeira foi empregada na construção do tabernáculo.
Êxodo 25:5 , 10 ,13, 23 ; 26:15 ; 27:1,6.
Reconstituição do Tabernáculo



Acácia no deserto
ramo de Acácia
flor de Acácia
vagens  de Acácia com sementes


Acácia